Lifestyle

Sete conceitos de bem-estar

COMPARTILHE

Há sete conceitos ou áreas de bem-estar que são os mais populares ou impactantes na indústria moderna de bem-estar. Curiosamente, todos esses sete conceitos têm uma coisa em comum: eles foram originalmente criados, desenvolvidos, usados, ensinados e compartilhados por um grupo profundamente diversificado de pessoas de todo o mundo. Esses sete também são os mais fáceis de implementar, independentemente da origem socioeconômica de alguém ou do acesso a recursos. Sim, as pessoas podem gastar muita grana e muito tempo perseguindo cada um, mas nenhum requer investimentos caros de tempo ou dinheiro. A maioria é gratuita e todas podem ser incorporadas à rotina diária de qualquer pessoa.  

Aqui estão as sete práticas:  

  1. Plantas que nos ajudam a curar

O uso de plantas como medicina tradicional é difundido na história, embora as tradições culturais variem e tenham nomes diferentes. Eles incluem Ayurveda (Índia), medicina tradicional chinesa (China), Kampo (Japão), xamanismo (América do Sul) e fitoterapia ocidental (Europa e América do Norte). Todos os grupos de pessoas ao redor do mundo se beneficiaram do uso de plantas para tratar doenças e ajudar o corpo a se curar. No mundo de hoje, o uso de botânicos e outras plantas como suplementos tornou-se uma indústria multibilionária, mas eu prometo a você, você não precisa de muito dinheiro para usá-los.  

  1. Indo para dentro

Meditação, atenção plena, visualização e práticas contemplativas nos ajudam a conectar nossos lados físico e emocional. Essas práticas não exigem nenhuma crença espiritual e não pretendem substituir a religião de alguém. Eles são como “exercícios mentais” que acalmam nossos corpos e nossas mentes e infundem paz. Podemos usá-los efetivamente para enriquecer nossa compreensão do que é sagrado e milagroso interiormente. 

  1. Yoga e outras formas de movimento

O movimento é parte integrante do bem-estar. Embora existam várias práticas relacionadas ao movimento, e todas sejam úteis, concentro-me principalmente em aprender, usar e recuperar o yoga, pois sua popularidade e benefícios merecem atenção especial. Além disso, a ioga é o exemplo por excelência de uma prática popular de bem-estar desenvolvida por pessoas de cor nos tempos antigos que agora é adotada por todos, independentemente da idade, saúde ou circunstância.  

  1. Uma dieta à base de plantas

Alguns especialistas em bem-estar gostam de dizer, e com razão, que melhorar nossa saúde é “80% sobre nutrição, 20% sobre todo o resto”. Assim como colocar óleo de baixa qualidade em um carro de luxo pode reduzir o desempenho e a longevidade do carro, o que alimentamos nosso corpo pode afetar nossa capacidade de permanecer saudável e curar após a doença. Os dados modernos apoiam as práticas alimentares de nossos ancestrais, que enfatizavam uma dieta baseada em vegetais e alimentos integrais. Isso não significa se tornar um vegano completo (a menos que você esteja pronto), mas significa ajustar o equilíbrio de nossa dieta para incluir mais plantas que promovem a saúde e menos carne e alimentos processados. Como os antigos entendiam, nosso bem-estar depende do que comemos. 

  1. Óleo, Água e Calor

Durante séculos, pessoas em todo o mundo usaram uma combinação de água, óleo e calor para ajudar a promover o bem-estar – de saunas, banhos de vapor e saunas a óleo quente e massagem sueca. Essas são, para mim, algumas das práticas de bem-estar mais divertidas, porque não apenas promovem a cura, mas também restauram nossa mente e alma. Muitas culturas ao redor do mundo usaram esses ingredientes básicos para promover o bem-estar, e você também pode adotá-los. 

  1. Música e Comunidade

O bem-estar social é uma parte vital para alcançar um estado de bem-estar. E que melhor maneira de se envolver de maneira amorosa com nossa comunidade do que com som e música? Culturas ao redor do mundo há muito usam o som e a música como parte integrante do processo de cura. Enquanto isso, todos os tipos de comunidade contribuem para o bem-estar. A comunidade é um ingrediente crítico sem o qual nunca poderemos estar inteiros e bem. 

  1. Aterramento e Natureza

“Lembre-se de que você é pó, e ao pó você voltará.” O conceito por trás dessa citação bíblica popular (de Gênesis 3:19) é anterior à Bíblia e é corroborado pela ciência moderna. Somos parte da terra e a terra é parte de nós. Adotar práticas que nos ajudem a nos reconectar com a natureza e que protejam e honrem a Mãe Terra pode ajudar a melhorar nossa saúde. A sétima prática de bem-estar nos lembra que não estamos muito distantes de nossos ancestrais e que somos parte integrante de toda a vida. Ao promover, de maneira simples, nossa conexão com a natureza, recuperamos nosso legítimo estado de bem-estar. 

A chave para o sucesso é a preparação 

 As vezes ficamos tão ansioso para que tudo venha dar e ate passamos horas nos preparando e antecipando cada detalhe tais como: roupas, cabelo, passeios e até o sorriso. Ensaiamo conversas, inventando dezenas de cenários em potencial e praticando anedotas na nossa cabeça para ter certeza de que vai soar inteligente, espirituoso, engraçado, sexy. Talvez você tenha tido uma experiência semelhante! Recebemos conselhos de nossos amigos, que tentam nos ensinar como nos comportar, o que dizer, o que não fazer. Desenvolver um novo estilo de vida de bem-estar pode ser como antecipar aquele primeiro encontro. Temos que nos preparar para o conhecido e o desconhecido para garantir que sejamos tão bem-sucedidos quanto queremos ser.  

Normalmente, buscar o bem-estar significa mudar hábitos ruins ou não saudáveis ​​e substituí-los por outros melhores e mais saudáveis. Essas experiências podem ser desafiadoras. A mudança sempre parece assustadora, mas não precisa ser. Na verdade, nossos corpos estão acostumados a mudar: somos basicamente um novo ser humano, com nova pele, ossos, cabelos e células, a cada poucas semanas. A rotação da Terra e sua órbita ao redor do Sol garantem que nosso ambiente esteja em constante mudança – diariamente, mensalmente, trimestralmente, anualmente. A mudança faz parte de nós tanto quanto o ar que respiramos. Se abraçarmos a mudança como algo positivo, ela pode se tornar tão fácil quanto as nuvens passageiras no céu. Dito isto, ao mudar hábitos, ajuda a se preparar e fazer mudanças lentamente.  

Preparação é a chave do sucesso. Temos que enfatizar isso o suficiente. Ninguém consegue um objetivo sem alguma forma de planejamento – e em alguns casos, como um primeiro encontro, bastante planejamento. Muitas vezes, quando começamos algo novo, estamos empolgados e ansiosos pela experiência. Imaginamos o sucesso: Nossa maior resposta é encontrando a energia que revitaliza. Mas será que nossa excitação inicial, nossas boas intenções, serão suficientes para nos sustentar ao longo da estrada esburacada à frente? Sabemos o que realmente queremos? Sabemos quais são os nossos objetivos? Sabemos por que estamos fazendo o que estamos fazendo? Estamos emocionalmente prontos para a mudança?  

Extraído do livro  Reclaiming Wellness : Ancient Wisdom for Your Healthy, Happy, and Beautiful Life . 

Previous ArticleNext Article

Leave a Reply

Your email address will not be published.